A empregada em lugar de uma filha ou bebê


Casais que não tem crianças ou cujas crianças estão já fora da casa têm às vezes saudade das crianças, sobretudo se estas nem produzem netos para os avôs. Alguns compram um cachorro, outros contratam uma empregada evangélica e transformam-na em uma criança ou até bebê. 
Isso não é ruim para a empregada, porque não sofre muito, mas é bem tratada. Ela recebe chupeta, em outros casos os casais colocam fraldas, e ás vezes leva uns tapinhas na bunda nua. Só isso. Será que não é divertido para um moça ou mocinha evangélica, ou, quem sabe, também outras empregadas?



  


Nenhum comentário:

Postar um comentário